quarta-feira, 1 de outubro de 2008

Prefiro


Às vezes me pergunto
A razão do amor só
Ter chegado agora
Se era para não ser
Correspondido
Vivido
Dividido
Então me imagino
Voltando a ser o que era
Só que não quero mais
Ser rasa como antes
Sem dor e sem amor
Sem vida a ser vivida
Prefiro a profundidade
Que alcancei hoje
Mesmo sentindo a dor
Da ausência do meu amor

(original de Tânia Pimenta)

Voltar ao TOPO

Um comentário:

(¯`·._.·[***Celina***]·._.·´¯) disse...

Sempre inspirada né amiga? adorei.
Bjobjo

 
Creative Commons License
Todo e qualquer texto (original de Tânia Pimenta) deste blog está licenciado sob uma Licença Creative Commons.